Jantar com estranhos: uma experiência inesquecível

Jantar com estranhos.

Fizemos um jantar com estranhos em nossa lua-de-mel usando uma plataforma de compartilhamento de refeição. E foi de longe a nossa experiência favorita durante a viagem!

Meu marido, Pedro, e eu visitamos o Rio de Janeiro para nossa lua-de-mel há alguns meses. Lá, vivemos uma experiência fascinante entre o antigo e o novo, entre o urbano e o natural e entre a euforia de estar em um lugar novo e o aconchego de se sentir em casa.

Nós visitamos igrejas e edifícios antigos, compramos em um dos mercados mais antigos do Brasil, e exploramos bairros quase esquecidos, agora em expansão com a nova vida.

A nossa experiência favorita de longe aconteceu em um apartamento na periferia. Experimentamos o Dinneer, uma plataforma que lhe permite desfrutar de autênticas experiências de refeições na casa das pessoas.

Nosso jantar com a anfitriã Fátima e sua família aconteceu em uma noite que não vamos esquecer tão cedo.

Apenas algumas horas antes de decolar em nossa jornada, Pedro e eu reservamos dois assentos na mesa de jantar de Fátima por R$ 90 no total, através do site do Dinneer. Decidimos que iríamos enfrentar o desafio e jantar com estranhos para sentir a emoção de experimentar algo novo sempre que possível.

Fátima é descendente de uma família tradicional turca. Seus avós vieram para o Brasil ainda jovens, mas jamais perderam as raízes.

Sabíamos que queríamos uma experiência fora de série…

Um jantar compartilhado parecia ser uma ótima maneira de conseguir esta experiência com segurança ao viajar a algum lugar novo. Nós escolhemos esse jantar devido ao perfil da anfitriã, que explica em seu perfil que aprendeu a cozinhar com sua avó quando ela tinha 5 anos e tem cozinhado para a família e amigos desde então.

Durante o jantar, ela disse que se inscreveu no Dinneer para que pudesse compartilhar suas receitas com mais pessoas.

Depois de uma corrida de táxi particularmente perigosa, nós caminhamos por algumas ruas laterais pequenas, até que chegamos à casa da nossa anfitriã. Ela mora lá com o marido, que estava esperando do lado de fora para nos receber.

Nós comemos no terraço, cercados por legumes e ervas caseiros e pequenos bichos de pelúcia doados por um antigo hóspede, que foram sutilmente colocados entre os legumes.

 

Está gostando desta história? Quer fazer coisas extraordinárias na sua vida, mas não sabe como?

 

Baixe agora o eBook gratuito 50 coisas extraordinárias para você fazer nos próximo 05 anos” e comece a ter experiências incríveis!


eBook gratuito: 50 Coisas Extraordinárias Para Você Fazer Em 05 Anos

Jantar com estranhos
Jantar com estranhos

 

Começamos a nossa festa com algum aperitivo clássico turco, que Fátima preparou com azeite de oliva extra-virgem orgânico da costa do Mar Egeu.

Os charutos de folhas de uva que ela fez eram de morrer, e Fátima ainda embalou as sobras com um pacote para podermos comer mais depois.

 

Jantar com estranhos
Jantar com estranhos

 

Em seguida, comemos uma sopa quente da cidade natal de Fátima, Adana, na Turquia. Com certeza não iríamos encontrar esse prato em cardápios de restaurantes no Rio. Fazer este prato, ela disse, leva tempo e habilidade.

 

Jantar com estranhos
Jantar com estranhos

 

O caldo parecia ser de carne e de tomate, e o conteúdo da sopa era de grão de bico, pequenas bolas de trigo bulgur e almôndegas. Eu sou uma grande fã de sopa e almôndegas, então naturalmente eu achei que a combinação dos dois foi surpreendente.

Em seguida, o börek, que geralmente é uma massa folhada com algum tipo de enchimento. O nosso era semelhante a uma lasanha em que consistia em camadas de massa e queijo e recheio de espinafre.

 

Jantar com estranhos
Jantar com estranhos

 

O prato principal foi kebab com pratos de legumes salteados servidos diretamente da panela sobre uma chama. Ainda acompanhado por uma salada do pastor – ou pepino, tomate, cebola, salsa e salada – com vinagre balsâmico de romã.

O jantar também foi acompanhado por um arroz pilaf, delicioso.

 

Jantar com estranhos
Jantar com estranhos

 

Fátima nos disse que leva vários dias para preparar toda a comida para as suas festas.

Então, nós relaxamos e comemos melancia. Conversamos sobre as próximas aventuras em nossa viagem e recebemos recomendações de coisas para ver e fazer enquanto estivéssemos no Rio de Janeiro.

Fátima contou histórias de inquilinos anteriores que se conheceram e se apaixonaram enquanto permaneceram em sua casa – ela até mesmo providenciou um casamento pequeno na cidade para dois de seus inquilinos anteriores.

Para o fim de um jantar de quase três horas, Fátima ofereceu-nos duas opções: chá de maçã ou café turco. Além de ser uma cozinheira surpreendente e uma graciosa anfitriã, Fátima também é uma espécie de cartomante de xícara de café, e ela leu a minha – aparentemente eu tenho boa sorte e viagens mais felizes no meu futuro.

 

Jantar com estranhos
Jantar com estranhos

 

– Ana

 

Quer ter a oportunidade de experimentar um jantar com estranhos e fazer algo inesquecível?

Reserve o seu jantar agora mesmo!

Para isso é muito fácil. Basta se inscrever no Dinneer e procurar pela refeição que você mais gostar. Depois é só ir à casa do anfitrião e viver essa experiência incrível.

Teve uma experiência incrível no Dinneer? Conte para nós nos comentários!

Deixe seu comentário