Como se tornar um cozinheiro profissional: dicas rápidas!

Cozinhar é uma arte descubra os segredos

Você já sentiu isso?

Depois de mais um dia longo, exaustivo e estressante, chegar em casa cansado, com a cabeça a mil e sem vontade de fazer qualquer coisa. Tudo que você precisa é de um banho, uma comida qualquer para saciar a fome e uma cama para dormir até que o dia seguinte chegue.

Mas de repente tudo muda.

O seu corpo faz você mudar de ideia. Sua mente já tem outros planos. E você não consegue evitar que eles o controlem.

A mão que já fazia o pedido da pizza pelo celular busca outra ação. Então, quase que sem ver, você é levado para a cozinha e começa a revirar a geladeira e o armário em busca de ingredientes.

Agora não tem mais volta. Você já sabe que não tem. Você sente seu corpo flutuar e suas mãos começam a preparar tudo. Elas picam os vegetais, levam tudo ao fogo e depois abrem uma bebida para relaxar enquanto os alimentos tomam forma nas panelas.

 

Mas por que isso acontece?

 

Que sentimento é esse que nos leva ao caminho mais trabalhoso, mesmo quando estamos mais cansados?

Mesmo quando tudo que queremos é descansar a mente e o corpo para começarmos o dia seguinte com disposição?

Esse sentimento é o que nos move há milhares de anos e torna nossa paixão por cozinhar tão intensa.

 

Continue lendo este artigo e descubra:

  • Porque gostamos tanto de cozinhar
  • Os segredos para se aperfeiçoar na cozinha
  • Os benefícios na vida de quem prepara as próprias refeições (e de outras pessoas também)

POR QUE GOSTAMOS DE COZINHAR?

Cozinhar é uma arte descubra os segredos
Cozinhar é uma arte descubra os segredos

A primeira resposta que passou pela sua cabeça é que cozinhar relaxa, certo? Certo. Mas não é isso.

Todos sabemos que diversas atividades cotidianas podem ser fonte de relaxamento, além da famosa esquentada de barriga no fogão.

Por que, então, sentimos a necessidade – muitas vezes – de sair da nossa zona de conforto para criar uma nova receita?

A verdade é que não existe uma única resposta, mas diversas teorias e constatações. A seguir vamos compreender algumas delas.

 

Criar receitas é gratificante

 

Quem nunca viu o brilho nos olhos de uma avó enquanto seus netos devoram o bolo que ela fez? Esse brilho nos olhos é o nosso “centro de recompensas” atuando, pois ele percebe que nossa ação (ex: fazer um bolo) fez bem a outras pessoas.

Quando nossas atitudes são bem recebidas por pessoas ao nosso redor, nós nos sentimos úteis e confiantes, deixando de lado qualquer incerteza sobre nossas capacidades de melhorar o mundo à nossa volta.

 

Preparar a comida relaxa

 

Sim. Você estava certo desde o início. Mas você sabe por quê? Lavar, cortar e refogar os vegetais, picar a carne, temperar, cuidar o forno, colocar a medida certa de sal… Ufa! Quantas tarefas!

E é justamente por isso que você deixa as preocupações de lado. Com todas essas atividades imprescindíveis na cozinha, sua mente precisa se esvaziar e se concentrar no trabalho manual que você está desempenhando.

Com isso, a pressão na sua cabeça diminui e as áreas do seu cérebro responsáveis pela concentração e pelas atividades manuais são ativadas e inundadas de Dopamina (o neurotransmissor do prazer e da recompensa).

Por isso, elaborar uma receita funciona de maneira semelhante à meditação e quanto mais você cozinha e se aperfeiçoa, mais seu centro de recompensa atua e melhora sua qualidade de vida, substituindo problemas por soluções práticas.

 

Cozinhar é uma arte

 

Todos nós já ouvimos esta máxima, mas aposto que sem saber ao certo o porquê. E a resposta é bem mais simples do que você pensa.

Assim como um artesão que, através de suas mãos, esculpe a madeira e a transforma em beleza ou um poeta que, através das suas palavras, traduz a beleza que enxerga no cotidiano, o cozinheiro transforma alimentos crus, frios e sem gosto em deliciosas receitas que atraem os olfatos mais distantes.

 

Mas eu não crio nenhum prato exuberante ou propriamente artístico.

 

Sim, entretanto sua mente não sabe disso. Para ela (e, consequentemente, para nós), quando executamos atividades manuais somos dignos de comparação com Van Gogh e Aleijadinho.

É isso mesmo que você leu! O processo criativo é uma das atividades mais importantes na vida dos seres humanos. É esse sentimento que nos move há milhares de anos e nos fez evoluir tanto em tão pouco tempo.

Cozinhar – assim como outras atividades artísticas (pintura, artesanato, música, poesia) – nos conecta ao nosso inconsciente, onde estão nossos desejos, medos e o instinto de sobrevivência.

Por isso ir para as panelas é tão bom. E inventar receitas é melhor ainda. Nós nos sentimos vivos e nosso centro de recompensas (olha ele de novo) está mais ativo que nunca porque enxerga o prêmio (um prato delicioso feito por você) ao final do desafio (preparar uma nova receita).

 

Mesmo assim você ainda acha que a cozinha não é seu lugar e é melhor pedir uma pizza? Calma. Agora, em poucos passos, você vai aprender como se aperfeiçoar na cozinha e criar receitas exclusivas gastando pouco.

 

Está gostando deste artigo? Compartilhe-o nas redes sociais e ajude mais pessoas a descobrirem o prazer de cozinhar.

SEGREDOS PARA SE APERFEIÇOAR NA COZINHA

Cozinhar é uma arte descubra os segredos
Marina de Carvalho Mendes – Cozinhar é uma arte descubra os segredos

 

“Cozinhar é tentar… às vezes é preciso queimar para acertar o ponto. Salgar para aprender a temperar. Talhar para aprender a homogenizar. ‘Batumar’ para aprender a assar. E errar para aprender a cozinhar!” – Marina de Carvalho Mendes – chef e blogueira no SOS Chef.

 

A chef Marina de Carvalho Mendes praticamente define o segredo para aprender a cozinhar melhor: CONTINUAR COZINHANDO.

Existem certos bloqueios na cabeça de muitos que se aventuram na cozinha, mas o principal é o medo de errar.

Se você tem esse medo, faça um favor para si e vá para o fogão com esse medo mesmo.

Errar é parte essencial do aprendizado e, se hoje, existem as maneiras corretas de fazer as coisas, é porque muitas pessoas, inclusive você, passaram boa parte do tempo errando para chegar à melhor maneira de fazer. Esse conselho serve para tudo na vida.

 

“Eu não errei mil vezes, eu aprendi mil formas de como não se fazer.” – Thomas Edison, inventor da lâmpada elétrica e inventor de mais de 2 mil patentes.

 

Na cozinha é do mesmo jeito. Você só vai cozinhar melhor depois de descobrir, por meio dos erros, como não deve ser feito.

 

Ferramentas úteis

 

Para auxiliar no aprendizado, existem diversas ferramentas úteis e de fácil acesso para aumentar sua intimidade com a cozinha.

Na internet, diversos conteúdos sobre gastronomia são postados diariamente, então informação é o que não falta.

Listamos alguns que nos ajudam na hora de preparar as nossas receitas deliciosas.

 

Canais no YouTube

 

Ana Maria Brogui – Comandado por Caio Novaes, o Ana Maria Brogui apresenta receitas de diversos níveis de dificuldade com muito bom humor e praticidade. Além disso, ele reproduz diversas receitas que todo mundo ama e que deixam o seu cardápio sofisticado, como a Cebola do Outback.

 

Receitas de Minuto – Com vídeos duas vezes na semana, o Receitas de Minuto é ideal para quem não tem tempo e ainda não entende de cozinha. Com receitas muito fáceis, a Gisele Souza garante soluções práticas para você mandar bem na cozinha.

 

Cozinha Para 2 – Carol Thomé e Duca Mendes prometem descomplicar a vida de quem não sabe cozinhar. O Cozinha Para 2 ensina receitas práticas com poucos ingredientes e em poucos minutos.

 

Apps para smartphones

 

Tudo Gostoso – Tudo Gostoso é a maior rede social de gastronomia do Brasil e reúne receitas para todos os gostos. Por ser colaborativo, você pode cadastrar suas receitas também e aprender muito com os outros usuários.

 

Bing Receitas e Bebidas – Bing Receitas e Bebidas é um aplicativo que reúne receitas com colaboração de grandes chefs da gastronomia do Brasil e do mundo inteiro. O app traz mais de 5 mil receitas de comidas, sobremesas e drinks com passo a passo completo. O diferencial do app são os vídeos explicativos que ensinam técnicas para serem usadas na cozinha.

 

CyberCook – CyberCook está disponível na versão web e na versão app para smartphones. O app contém mais de 100 mil pratos e você pode separar suas receitas em diversas categorias (estilos de vida, por país, entre outras) e você ainda pode acionar o Modo Cozinha, que facilita a visualização das receitas sem que você precise mexer muito no dispositivo.

 

Está gostando deste artigo? Leia esse texto que preparamos para você conhecer mais ferramentas úteis na hora de encarar a cozinha.

 

OS BENEFÍCIOS NA VIDA DE QUEM COZINHA

Cozinhar é uma arte descubra os segredos
Cozinhar é uma arte descubra os segredos

 

Como você já percebeu até aqui, cozinhar tem muito mais vantagens que, por exemplo, pedir a comida pelo delivery. Na última parte, você conhecerá os maiores benefícios na vida de quem cozinha.

 

Vida mais saudável

 

Estudos apontam que quem  prepara o próprio alimento tem maior preocupação com a procedência, higienização e quantidade de sódio e gordura dos alimentos.

Ou seja, você aumenta sua consciência em relação à alimentação e, consequentemente, muda seus hábitos, optando por soluções mais saudáveis em vez de industrializados e alimentos com muita gordura e sódio.

Uma pesquisa realizada pela Revista Nutrição e Saúde Pública, nos Estados Unidos, constatou que mulheres que chegam em casa à noite e cozinham consomem 137 calorias a menos  que as mulheres que não cozinham. Além disso, casais que cozinham juntos emagrecem mais rápido também.

 

União com a família e amigos

 

Cozinhar une as pessoas. Quando você prepara uma refeição, automaticamente se conecta com quem come.

Lembra da avó com o brilho nos olhos?

Essa ligação acontece porque o ato de servir estimula nosso centro de recompensas e nos sentimos felizes com a felicidade do outro. Devido a isso, sentimo-nos mais próximos das pessoas que compartilham uma refeição conosco e, consequentemente, passamos a amá-las mais.

Segundo estudo publicado no Washington Post, casais que compartilham tarefas domésticas – como preparar alimentos juntos – fazem mais sexo. E o ato é um componente fundamental para a manutenção de um relacionamento feliz e duradouro.

 

Quem cozinha se conhece

 

Quando cozinhamos, deixamos traços da nossa personalidade nos pratos preparados. Quem está na cozinha se conecta a si mesmo e, por isso, tem mais facilidade para compreender as próprias questões, tornando-se uma pessoa mais tolerante com os próprios erros.

Além disso, ir para a cozinha libera a imaginação. Quem cozinha permite que a mente viaje mais e, logo, invente mais, tornando-se uma pessoa mais criativa não só na cozinha, mas com a capacidade de resolver problemas com mais agilidade.

 

Quem cozinha é mais feliz

 

Juntando todos os benefícios acima, o resultado não poderia ser diferente. Fazer atividades manuais, criar um prato e ainda fazer isso para e com as pessoas que mais amamos, estimula nosso centro de recompensas, e ele relaxa nosso corpo e nossa mente, deixando nossos dias mais coloridos e felizes.

 

Está gostando deste artigo? Compartilhe-o nas redes sociais e ajude seus amigos a descobrirem o prazer de cozinhar.

PARA CONCLUIR

 

Você pode perceber, ao longo deste artigo, que cozinhar realmente traz muitos benefícios para nossa vida, além de ser uma atividade prazerosa para fugirmos da rotina.

Além de estimular nossa mente a relaxar e se concentrar, ir para o fogão traz benefícios para o corpo como um todo, contribuindo com o emagrecimento, adoção de hábitos mais saudáveis e melhora nas relações com familiares, amigos e também com pessoas desconhecidas. E você ainda pode economizar muito ao final do mês.

 

Cozinhar é uma arte descubra os segredos. Gostou deste artigo ? Compartilhe-o  nas redes sociais e ajude seus amigos a descobrirem o prazer de cozinhar.

 

Agora, que tal pôr todas essas dicas em ação e preparar um prato especial e convidar os amigos para compartilhar uma refeição?

 

Torne-se um anfitrião no Dinneer e viva novas experiências inesquecíveis.

Deixe seu comentário